Conar abre processo contra a Samarco

Share

Menos de uma semana depois da Samarco ter colocado na mídia uma grande campanha institucional na qual seus funcionários narram as atitudes e feitos da companhia para tentar minimizar os estragos gerados pelo rompimento das barragens, em novembro passado, os espectadores já fizeram uma mobilização para que a ação publicitária virasse alvo do Conar.

Na tarde desta quinta-feira, 18, o Conselho de Autorregulamentação Publicitária abriu processo contra a Samarco e sua agência de publicidade ” a Tom Comunicação ” pela campanha exibida na televisão. Mais de 50 reclamações foram recebidas, com questionamentos acerca da veracidade das informações exibidas na propaganda.
Diante do volume e do teor dos questionamentos, o Conar recolheu as denúncias e abriu o processo contra a campanha da Samarco. O anunciante e sua agencia ainda não foram oficialmente notificados.

O processo segue para as mãos do relator ” cujo nome ainda não foi definido ” e deverá ser julgado na próxima reunião da Comissão de ??tica do Conar, marcada para março.

Ainda há a possibilidade de o Conar pedir a suspensão imediata da campanha. Para isso acontecer, o relator do processo precisa avaliar o caso e julgar que a continuidade da exibição do comercial traria algum tipo de prejuízo aos espectadores ou a alguma parte envolvida no caso.

O processo contempla apenas o comercial de TV. O Conar não recebeu reclamações acerca das demais veiculadas nos demais canais ” como o site “?? sempre bom olhar para todos os lados”.

Nesta sexta-feira, 19, o Ministério Público Federal em Minas Gerais enviou um ofício à Samarco questionado alguns dados da campanha. De acordo com o G1, o documento pede informações acerca dos valores investidos na ação de publicidade e a cópia do contrato com a agência. Assista ao comercial:

 

Fonte: Meio&Mensagem

Share
Visualizado 371 vez(es).